terça-feira, 4 de janeiro de 2011

EM COMA DIÁRIO









Sabe os Terceiros Paradoxos? então, eles fazem parte também do ambiente que vou citar agora, mas não são o assunto. Sinto receio de falar de lá porque acabei de fugir.

Grey Grey Grey. Eu já disse que vou te explicar muito sobre o nosso planeta e nossa raça, mas o fato é que para sobreviver aqui você precisará de um emprego e para isso você passará por uma pseudo-aprendizagem. É assim: você finge que aprende, os professores figem que ensinam e o governo finge que se importa. Essa fingição toda, dura, em média, dez anos.

Se você, como aluno, quiser realmente aprender, se sentirá morto, porque 90% dos seus colegas querem farra, os funcionários: folga e o governo: população incapaz de pensar ou questionar (burra mesmo, Else). É uma tortura, morte em vida e diariamente, mente EM COMA, literalmente (se você sustentá-la apenas com o que te passam na escola).

Você é treinado para aceitar o pouco, contentando-se porque alguém tem menos que você.

Ano passado eu não aguentava mais isso. Não encontrei colegas que pensassem igual à mim e convenci professores de que tudo que eles passavam era merda atrás de merda. Me recusei a fazer o que eles pediam e conseguir fugir. Me senti vitorioso, mas depois percebi: eles só me liberaram porque, além de apresentar um certo risco aos demais, a verba deles para comigo, havia esgotado.

Um comentário:

  1. não é a liberdade é a falta de possibilidade que faz soltar as correntes.ou melhor afrouxalas um pouco...afinal a algema roda, abre ate..enferruja mas nunca se parte..a chave se perde mas nunca desaparece..é... Em Coma literalmente eternamente dormindo em vida..Else, Else tanto a aprender em tão pouco tempo..tão pouco tempo..
    Foda Men :)

    ResponderExcluir

Não hesite em postar, eu gosto.